Costuma ter dores nos ombros? Aqui tem o que pode fazer para tratar dessa dor.

Costuma ter dores nos ombros? Aqui tem o que pode fazer para tratar dessa dor.

2-ombro-758x396

Quem é portador de tendinites sobre bastante com as dores. Para você que não conhece a doença, fique sabendo que as dores dos ombros são bem conhecidas e as mais comuns.

Geralmente, uma pessoa que tenha uma tendinite nos ombros se sente desconfortável, com dores na região e a articulação parece dura e presa. Nestes casos, o que acontece é que o conjunto de músculos que suportam a articulação em questão – o “manguito rotador” ou o “tendão bicipital” – ficam afetados, devido a movimentos repetitivos e de força.

 

Para seu conhecimento, o músculo que tem como função reter o osso do braço na cavidade do ombro é o tendão bicipital. Pode acontecer uma tendinite do ombro – também conhecida como tendinite bicipital, tendinite dos bíceps ou tendinite do manguito rotador – quando há uma inflamação desse conjunto de músculos.

 

Esta situação, geralmente, acontece em pessoas maiores de 40 anos. Contudo, pode ocorrer também em qualquer outra faixa etária.

 

Conforme referido anteriormente, uma tendinite é causada, na maior parte dos casos, devido a movimentos errados ou forças empregues de forma precipitada, que massacram a articulação – Exemplo: malhar ou pegar em pesos regularmente. Cair ou alguma pancada podem ser também causas.

 

Em caso de dúvida, saiba que existem terapêuticas para a tendinite do ombro. Não é necessário recorrer logo a cirurgias ou tratamentos mais complexos. São terapêuticas que atenuam a dor, diminuindo a inflamação da articulação.

 

Contudo, é importante referir que, qualquer terapêutica anti-dor deverá ser conciliada com fisioterapia para estimular a força do ombro.

2-dor-758x396

Saiba como melhorar da sua tendinite no ombro:

 

Desde que você se dedique a um tratamento, o seu ombro poderá ficar sarado em cerca de dois meses. Para isso, você precisa de relaxar com as atividades físicas e começar a fazer exercícios curativos, no decorrer desse período de tempo.

 

Aspectos importantes a ter em conta:

 

Não realize ações que necessitem de mover o ombro, por quinze dias. É uma forma de diminuir a dor para poder iniciar a fisioterapia.

Três a seis vezes por dia, coloque gelo ou uma compressa fria durante quinze minutos, que ajuda a desinflamar.

Comece com as sessões de fisioterapia, recorrendo a um fisioterapeuta habilitado.

Para não demorar mais a reabilitação, evite levar o braço à altura superior do seu ombro e não se dedique a trabalhos esforçados.

Massaje as zonas afetadas com óleo de oliva, uma vez que este tem características próprias analgésicas.

Evite movimentos rápidos, sobretudo aqueles que exigem o alongamento de braços.

Quando você for para a cama, tenha atenção e não durma em cima do braço que tem a articulação do ombro inflamada.

De forma a você se tornar mais flexível e mais equilibrado muscularmente pode também recorrer aos serviços de um quiropata.

Para uma recuperação ainda mais rápida, você poderá recorrer a suplementos alimentares compostos essencialmente por vitamina D e cloreto de magnésio.

Não realize muitas tarefas domésticas. Reduza sua movimentação em casa.

Opte sempre por realizar pequenos movimentos, em que o braço fique perto do corpo.

Para auxiliar o tratamento, você pode também recorrer a compressas molhadas em óleo de rícino. Assim estará a prevenir as dores.

Como fazer:

 

Para começar, você precisa de aquecer água.

De seguida, use essa água para humedecer uma toalha e coloque um pouco de óleo de rícino. Use um óleo bom que seja puro e de qualidade.

Ponha a compressa na zona dorida durante alguns minutos. Cada vez que arrefecer, coloque a toalha na água quente.

Coloque em prática todas as nossas dicas e verá que se sentirá muito melhor.

 

Contudo, é importante referir que, nenhum dos truques indicados, invalidam uma verificação junto do seu médico especialista.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*