Você sofre de zumbido? Aqui estão 5 maneiras naturais para corrigi-lo!

Você sofre de zumbido? Aqui estão 5 maneiras naturais para corrigi-lo!

Se você costuma ter um zumbido nos ouvidos, você pode estar sofrendo de uma condição. Aqueles que sofrem com zumbido podem também experimentar som de um apito, barulho semelhante ao de uma cachoeira ou a uma cigarra, chiado constante e sensação de ouvido tapado.

Esta condição pode ser extremamente frustrante, e que muitas vezes ocorre com a depressão, ansiedade e estresse.

remedios-naturais-para-zumbino-no-ouvido

O que provoca o zumbido?

Uma causa comum de zumbido são os danos ao ouvido médio ou interno. O ouvido médio pega ondas sonoras e solicita que o ouvido interno transmita impulsos para o cérebro.

Você não é capaz de ouvir até o cérebro aceitar estes sinais e traduzirem esses sons. Se o ouvido interno for danificado, a forma como o cérebro processa os sons podem mudar.

As condições médicas que podem criar um zumbido nos ouvidos incluem perda de audição relacionada com a idade, espasmos musculares no ouvido, pressão arterial alta, colesterol elevado, lesões na cabeça e pescoço, e um excesso de cera.

O zumbido é geralmente tratado quase se sabe à raiz do problema. A terapia é considerada uma opção. Se você está sofrendo de zumbido nos ouvidos e você está procurando uma maneira mais natural para tratá-lo, você pode querer considerar um destes cinco tratamentos alternativos:

  1. Ginkgo biloba

Ginkgo biloba é uma das mais antigas espécies de árvores, e que possui uma longa história de uso medicinal. Tem sido conhecido para melhorar o fluxo sanguíneo do corpo, especificamente no cérebro e na cabeça, tornando-se um remédio eficaz para o zumbido.

  1. Drenagem da tuba auditiva

Esta técnica é utilizada para aliviar a congestão no tubo localizado atrás do tímpano, onde se faz uma drenagem do fluido no ouvido. Ele pode ser usado para tratar o zumbido que é causado por congestionamento das orelhas, nariz ou garganta.

  1. Suplementos

Os suplementos de zinco e vitamina B12 são eficazes no tratamento de zumbido devido ao envelhecimento, especialmente para aqueles que são deficientes. A deficiência de vitamina B12 é porque muitas pessoas desenvolvem zumbido. Fale com o seu médico antes de tomar qualquer um destes suplementos para ajudar a gerir os seus sintomas.

  1. Ruído Branco

O ruído branco pode ser uma forma de reduzir os sintomas de zumbido, suprimindo o ruído constante que ela provoca. O zumbido é mais prevalente quando há pouco ou nenhum ruído de fundo. Um ventilador, ar condicionado, umidificador ou desumidificador também pode ajudar.

  1. Acupuntura e Acupressure

Vários estudos têm demonstrado os efeitos positivos da acupuntura para o zumbido. Este tratamento se concentra em corrigir a obstrução nos canais do ouvido. Uma visita provavelmente não vai fazer o truque. sessões múltiplas podem ser necessários para a melhoria.

Causas de zumbido no ouvido

O zumbido no ouvido normalmente é causada pela exposição prolongada ao barulho ou quando se tem uma otite, que é a infecção de uma região do ouvido.

No entanto, o zumbido também pode surgir em situações, como:

Perda auditiva causada pelo envelhecimento que é mais comum a partir do 60 anos;

Otosclerose, que ocorre quando há endurecimento dos ossos do ouvido;

Tumor no cérebro e que afeta o nervo auditivo ou tumor no ouvido;

Cera no ouvido;

Problemas de circulação;

Distúrbios psiquiátricos, como ansiedade e depressão;

Acúmulo de colesterol nos vasos sanguíneos;

Pressão alta.

Além destas causas, o zumbido no ouvido também pode surgir em casos mais raros, como Doença de Ménière, mau funcionamento da articulação da mandíbula ou após traumatismos na cabeça e do pescoço, que pode afetar os nervos responsáveis pela audição.

 

 

 

 

*A prática de exercícios e uma dieta saudável são fundamentais para se ter saúde e ficar em forma. Este é um blog de notícias sobre tratamentos caseiros. Ele não substitui o acompanhamento de um especialista. Consulte sempre seu médico.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*