“Só um pedacinho não vai fazer mal…”

“Só um pedacinho não vai fazer mal…”

Você é que pensa! De mordiscada em mordiscada lá se vai todo o sacrifício. Aprenda a reconhecer e a abandonar hábitos que sabotam seu regime

Não importa se você já está satisfeita: uma comida gostosa merece sempre outra beliscadinha. Será? De acordo com o Vigilantes do Peso, o caminho para um corpo bonito e uma vida saudável não passa por aí. Acontece que cada um desses pedaços que “roubamos” sem necessidade vão se acumulando no nosso organismo e contribuem para que os números da balança não saiam do mesmo lugar – ou pior, subam! Confira as dicas da empresa especialista em emagrecimento para fugir da cilada que é estar sempre agindo pelo impulso da gula:

so-um-pedacinho-nao-vai-fazer-mal

Precisa mesmo provar?

Se você adora cozinhar, sabe que uma das maiores tentações é dar aquela experimentada de vez em  quando, para saber se está tudo em ordem com o tempero e com o ponto do que está sendo preparado. Mas será que esse controle de qualidade é tão necessário assim? Se achar imprescindível, pegue uma porção bem pequena ou dê para um familiar provar. Outro ponto importante: não cozinhe com fome. Caso esteja de estômago vazio antes do almoço, belisque alguns pepinos fatiados, que são nutritivos e pouco calóricos. Se o aroma da comida estiver irresistível, beba um copo de água para deixar o estômago mais tranquilo até a hora de comer.

Se sobrar, sobrou…

Imagine que você está com um amigo em um restaurante. Ele pede um prato com batatas fritas, mas uma parte delas acaba sobrando. Resista ao impulso de perguntar se ele vai comer o restante, principalmente se já terminou o seu prato: o crime não compensa! Se a

porção que sobrou for significativa, sugira que ele peça para embalar o restante e levar para viagem.

Festeje na medida certa

É aniversário do seu chefe e o pessoal da firma resolveu comprar um bolo e vários docinhos para comemorar. Participe da festa, mas cuidado para não exagerar. Será que precisa mesmo comer o bolo e os docinhos? Para substituí-los, procure algo saudável e gostoso, como morangos frescos. Se achar que vale a pena comer o bolo, peça para cortarem uma fatia pequena. E não repita!

Nem mais uma colherada

A refeição estava divina. Depois dela, você e sua família ou amigos resolvem ficar na mesa da cozinha conversando, com a comida “dando sopa” por ali. Fica bem difícil não pegar mais um pedaço do salgado ou outra lasquinha do doce! Para evitar a tentação, sirva seus convidados e deixe os refratários no fogão. Não quer soar mal-educada? Diga que fiquem à vontade em repetir.

Seja generosa com a comida

Depois de promover um jantar em casa, que tal não permitir que as sobras sigam para a sua geladeira? Embrulhe e saia distribuindo entre seus convidados. Além de deixá-los bem felizes (todo mundo adora sair com uma quentinha da festa), você evita o risco de

devorar todas as delícias no dia seguinte e acabar pondo tudo a perder!

Força de vontade é tudo, amiga!

Geralmente, quando ouvimos a palavra “emagrecer”, imaginamos o controle da alimentação e a prática de exercícios. E é isso

mesmo! Mas outros fatores também influenciam o processo. “O sobrepeso está relacionado ao desequilíbrio emocional”, garante

Cristiane Bonelli, naturoterapeuta da Clínica Harmonia, Corpo e Alma (SP). Veja os conselhos da especialista para não fraquejar:

■ Coma devagar – só com uma mastigação adequada é que conseguimos aproveitar 100% dos nutrientes de um alimento.

■ Estabeleça metas – Quando o cérebro sabe “para onde vai”, fica mais fácil atingir objetivos.

■ Não jogue a toalha – Persista, mesmo após um deslize. Por exemplo: você sabe que não deveria comer um pedaço de bolo, mas acabou fraquejando. Tudo bem. Só não vale achar que está tudo perdido e sair comendo o que der na telha.

■ Relaxe – O estresse pode provocar compulsão não só pelos alimentos, mas também por outras coisas, como o álcool. Praticar um exercício físico ajuda a controlar esse sentimento.

■ Tire as guloseimas da gaveta – A vontade (que é diferente da fome) passa rápido: em cerca de 30 segundos! Não deixe as

comidas calóricas à vista para não cair em tentação.

■ Tome uma decisão – A obesidade é sinônimo de muitos problemas de saúde. Por isso, deve ser combatida. Então, não deixe para depois o que você precisa fazer agora!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*