Conheça o ziam, o amido que é aliado do emagrecimento

Conheça o ziam, o amido que é aliado do emagrecimento

Além facilitar perda de peso, ziam pode entrar no cardápio de celíacos.

Você já ouviu falar em ziam? Já consagrado em países da Europa e nos Estados Unidos, esse amido chega ao Brasil trazendo muitas promessas. Ser um grande aliado do emagrecimento é a principal delas.

ziam

Ziam dá saciedade

O ziam não tem glúten, o que o torna muito bem-vindo entre os portadores de doença celíaca. Além de atender aos anseios de indivíduos que possuem restrições alimentares, esse alimento é classificado como um amido resistente. Ao contrário dos amidos digeríveis, que são rapidamente processados e transformados em glicose em um período de 20 a 120 minutos, os amidos resistentes não costumam ser absorvidos pelo intestino delgado.

Como resultado, são aproveitados pela flora bacteriana do intestino grosso. Assim, seu efeito no aparelho digestivo vem sendo comparado ao das fibras, considerando que seu comportamento contumaz às enzimas é capaz de produzir a sensação de saciedade, o que, por fim, pode levar ao emagrecimento. O bom funcionamento intestinal, vale mencionar, também evita os desagradáveis inchaços.

Dessa forma, o ziam é capaz de suspender a sensação de fome no organismo por até 14 horas. Mas nem pense em ficar todo esse tempo sem comer. A ideia proposta é evitar a compulsão alimentar e incentivar refeições a cada três horas – isso significa o consumo de frutas, aveias e iogurtes nos intervalos que compreendem o almoço e o jantar. A partir da ingestão desse amido, por conseguinte, é possível cortar a quantidade de calorias ingeridas.

Mais benefícios

Entre os demais benefícios atribuídos ao ziam, estão:

– Eliminação natural de toxinas

– Redução das quantias de açúcar no sangue

– Diminuição dos níveis do colesterol ruim

– É opção para celíacos e indivíduos com restrições ao glúten

– Risco de doenças cardiovasculares.

Como usar o ziam

O amido ziam pode ser encontrado em casas naturais e farmácias de manipulação. Deve substituir parcialmente a farinha de trigo em receitas de bolos, pães, biscoitos e panquecas, etc. Possui um quarto das calorias existentes nas farinhas brancas, ingrediente que perde a maior parte de suas propriedades nutricionais no processo de refinamento. Gradualmente vem sendo implementado por fabricantes de cookies e afins. De igual maneira, é sugerido como opção às farinhas de mandioca e milho.

Mais uma alternativa de uso do ziam é adicioná-lo a salada de frutas, sucos ou vitaminas. Consumi-lo in natura é também uma possibilidade. Evite mesclá-lo a alimentos calóricos, como sorvetes e milkshakes, lembrando que assim você poderá se expor efeitos reversos aos desejados. A recomendação é o consumo diário de 5g a 10g de ziam, isto é, uma a duas colheres ao dia.

Não há informação sobre restrições quanto ao uso do produto. Mesmo assim, sempre que se pensa em mudar alguns hábitos alimentares ou simplesmente introduzir novos alimentos à dieta, buscar o aval de um médico endocrinologista ou de um nutricionista é indicado.

Reeducação alimentar

Parece não haver dúvidas de que o amido é mesmo um aliado do emagrecimento. Entretanto o ideal é que sua implementação ocorra em conjunto com outras ações para que realmente se atinja e se mantenha o peso ideal. A reeducação alimentar baseada no apreço de frutas, verduras e vegetais, conjugada com o emprego desse derivado do milho deve promover o equilíbrio metabólico almejado e isso naturalmente vai refletir em seu corpo – e em suas medidas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*