Como tratar aftas e úlceras bucais de maneira natural

Como tratar aftas e úlceras bucais de maneira natural

Aftas são pequenas feridas, também podem ser chamadas de úlceras ou estomatites, que ocorrem na boca, língua ou gengiva, essas lesões benignas não causam problemas mais sérios além do desconforto e incômodo. Essa pequena ferida normalmente é branca, algumas vezes amarelada e acontece somente dentro da boca.

São incômodas, dolorosas e demoram muito tempo para desaparecer. Saiba como é possível tratar aftas e úlceras bucais com ingredientes naturais.

São incômodas, dolorosas e demoram muito tempo para desaparecer. Estas pequenas lesões que aparecem na parte interna dos lábios, das bochechas e até da língua podem ser tratadas com receitas caseiras.

 

Saiba neste artigo como tratar aftas e úlceras bucais de maneira natural.

Características das feridas e aftas

Elas têm forma de “cratera” de cor branca ou amarelada, e são rodeadas por um círculo vermelho. Doem bastante e não são infecciosas. Aparecem na parte interna da boca (nas mucosas) uma por vez ou várias ao mesmo tempo.

As aftas e feridas aparecem com mais frequência nas mulheres do que nos homens e não há uma idade específica. Elas duram entre 7 e 20 dias e costumam reaparecer.

As úlceras são caracterizadas por:

Dor

Coceira

Feridas na forma de crateras

Ardor

As principais causas destas lesões bucais são:

Deficiências imunológicas por doenças ou problemas alimentares.

Lesões na boca como, por exemplo, usar dentaduras postiças, escovar os dentes muito bruscamente, morder-se, o roçar dos dentes, etc.

Mudanças hormonais (são comuns nas mulheres durante o seu período menstrual)

Reações alérgicas aos alimentos como por exemplo os ácidos, cítricos ou comidas muito condimentadas

Intolerância ao glúten

Estresse

As aftas e feridas costumam melhorar de maneira espontânea, ainda que possamos ajudar contribuir para a cicatrização e eliminá-las usando alguns remédios.

Se elas não melhorarem depois de 3 semanas, seria conveniente fazer uma consulta médica para seguir o tratamento correto segundo o caso.

Remédios naturais para aftas e feridas

Embora seja preciso determinar primeiro se a lesão é uma úlcera bucal, um herpes ou uma infecção por fungos, em seguida podemos aproveitar os benefícios da natureza para aliviar os sintomas e curar as aftas e feridas.

Mel

A única coisa que devemos fazer é secar bem a zona afetada com um lenço ou papel absorvente e colocar algumas gotas de mel no centro da ferida. Procure fazer com que este alimento fique em contato com a afta o maior tempo possível.

Ele é eficaz devido às suas propriedades antimicrobianas. Repita quantas vezes for necessário. É melhor se o mel for açucarado e não líquido, para poder aplicá-lo como uma pomada.

Sálvia

Esta planta é muito utilizada na medicina natural em todo tipo de lesão ou ferida na pele, incluindo as aftas e feridas bucais. Iremos utilizá-la em forma de infusão.

Ingredientes

1 colher de sálvia seca (5 g)

1 copo de água (250 ml)

Preparo

Coloque a água para ferver juntamente com a sálvia durante alguns minutos. Retire-a do fogo, tampe e deixe repousar por 10 minutos. Coe e, quando estiver morna, faça alguns enxágues com o líquido, mas não o beba. Repita várias vezes ao dia.

Água oxigenada

Dilua uma parte de água oxigenada em duas partes de água da torneira (também pode ser metade / metade). Faça enxágues bucais três vezes ao dia. É um remédio um pouco incômodo, mas que funciona.

Alguns também optam por embeber um algodão na mistura e colocá-lo diretamente na afta. Pode ser que arda um pouco mais, mas é muito eficaz.

Água e sal

Este remédio pode irritar um pouco, mas é muito eficaz.

Ingredientes

1 copo de água

1 punhado de sal grosso

Preparo

Ferva a água e coloque o sal para que se dissolva. Deixe esfriar e faça enxágues bucais pelo menos três vezes ao dia.

Aloe vera

Certamente você já sabe que o aloe vera oferece inúmeras propriedades para o nosso organismo e a beleza, por isso vale a pena ter uma planta em casa.

Neste caso em particular, para curar as aftas e feridas, você vai precisar de um talo de aloe vera cortado longitudinalmente. Apoie diretamente sobre a úlcera e deixe agir durante alguns minutos. É um remédio que alivia e reduz a dor no instante. Também permite controlar a infecção.

Levedura de cerveja

É um remédio excelente para tratar as aftas, já que pode reduzir a quantidade de bactérias que proliferam na boca.

Ingredientes

1 colher de levedura de cerveja (15 g)

Um pouco de água

Preparo

Misture os dois ingredientes até formar uma pasta. Aplique-a sobre a úlcera, que deve ter sido previamente seca. Deixe agir o máximo possível e enxágue com água morna.

Sementes de toranja

Você pode conseguir o extrato em lojas naturais ou usar as sementes diretamente. A toranja é uma fruta com muitas propriedades antissépticas, com uma eficaz ação sobre as aftas.

Ingredientes

Um punhado de sementes de toranja

1 copo de água (250 ml)

Preparo

Faça uma infusão com ambos os elementos. Deixe esfriar, coe e beba. Repita várias vezes ao dia.

No caso de escolher o extrato, a dose é de 6 gotas por 1/2 copo de água morna (125 ml).

Bicarbonato de sódio

Trata-se de um remédio caseiro usado há milhares de anos com inúmeros benefícios principalmente para combater vírus e bactérias.

Ingredientes

1 colher de bicarbonato de sódio

1 copo de água morna

Preparo

Dilua o bicarbonato em água e faça enxágues com esta solução mantendo-a na boca a maior quantidade de tempo possível. Repita várias vezes ao dia.

Vinagre de cidra

Com propriedades similares às do bicarbonato, ele pode nos ajudar a curar aftas mais rápido. Você terá que suportar um pouco o ardor.

Ingredientes

1/2 copo de vinagre de cidra

1/2 copo de água morna

Preparo

Misture os dois ingredientes e repita o tratamento 2 ou 3 vezes ao dia até que as úlceras desapareçam.

Durante os dias em que estiver sofrendo com as ferias ou aftas, trate de comer uma quantidade maior de cebola e alho crus. Ambos têm um poder antibacteriano muito potente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*