Chás para tratar infecção urinária

Chás para tratar infecção urinária

A infecção urinária é uma doença que ataca em maior parte o público feminino, por diversos motivos, a principal delas é por conta do tamanho do canal urinário que é consideravelmente menor do que o do homem, deixando a bexiga mais exposta a bactérias como a Escherichia coli.

A tal bactéria é comum na flora intestinal, em seu ambiente natural não há risco algum, no entanto, quando acessa o sistema urinário, pode render muitas dores e incômodos.

Em outros casos, pode acontecer por falha do nosso organismo, sabemos que em todas as eliminações que fazemos, há bactérias, por algum motivo não foi eliminada como deveria, podendo causar a infecção no trato urinário.

QUAIS SÃO OS SINTOMAS

Sensação de ardência ao urinar e dor

Vontade de urinar a todo momento, como se a bexiga enchesse.

A urina possui cor escura

Urina com sangue

Urina com odor intenso, turvo e espumoso

Dor no reto

Vômito

Febre

A infecção urinária pode não ter sintoma algum. Neste casos só será descoberta caso seja feito algum exame de sangue ou urina. Estes casos de infecção urinária são muito sérios, pois se desenvolverem podem atacar os rins, causando sérios danos e dores.

Como evitar e os sintomas

O ideal é ingerir muito líquido, reduzindo o risco de contaminação. Além disso, cuide para que haja um bom funcionamento intestinal, procure urinar sempre após o ato sexual para limpar o canal da uretra, e sempre esteja atento à cor da sua urina. Caso a ingestão de líquidos seja alta e mesmo assim a cor permanecer escura, investigue a presença de infecção.

Os sintomas normalmente são: dor ao urinar, cheiro desagradável na urina e vontade excessiva de urinar.

Tratamentos naturais

Evitando tratamentos farmacêuticos com fórmulas quimicamente desenvolvidas, são sugeridos os alternativos chás. Confira:

Chá de carqueja – Leve um litro de água ao fogo e deixe ferver. Desligue e em seguida adicione as folhas de carqueja e deixe por aproximadamente dez minutos. Tome um copo a cada quatro horas.

Chá de aroeira – Em um litro de água, coloque 100g de aroeira, leve ao fogo e deixe ferver por aproximadamente cinco minutos. Espere esfriar e tome um copo a cada quatro horas.

Chá de quebra pedra – Em um recipiente, coloque um litro de água para ferver. Assim que alcançar fervura, desligue o fogo e coloque duas colheres de quebra pedra, deixando descansar por cinco minutos. Após esfriar, tome um copo a cada quatro horas.

Chá de cabelo de milho – Ferva 750 ml de água e despeje 5g de cabelo de milho, 5g de zimbro e 5g de alteia, deixando em infusão por aproximadamente cinco minutos. Divida o conteúdo em quatro porções e tome ao longo do dia.

Chá de alfazema – Ferva uma xícara de chá de água, desligue o fogo e coloque uma colher de chá de flores de alfazema. Tampe o recipiente por dez minutos, coe e beba o chá. A receita deve ser repetida de duas a três vezes ao dia.

Chá de folha de abacateiro – Em um recipiente, coloque um litro de água com folhas secas de abacateiro. Leve ao fogo até alcançar fervura e deixe ferver por cinco minutos. Desligue o fogo, tampe o recipiente e deixe esfriar. Beba de duas a três vezes ao dia.

Chá de vara-de-ouro – Ferva uma xícara de chá de água, desligue o fogo e coloque duas colheres de sopa de folhas secas de vara-de-ouro. Deixe descansar por dez minutos e coe. Beba várias vezes ao dia.

Banho de assento com camomila – Em um litro de água, coloque duas colheres de sopa de camomila e leve ao fogo. Deixe ferver por aproximadamente cinco minutos. Coloque o conteúdo em uma bacia em que consiga ficar sentado, e espere esfriar até a temperatura ficar agradável ao toque. Fique sentado nesta mistura por cerca de vinte minutos após o banho.

Chá de salsa – Em um recipiente, coloque 2,5 litros de água e 20g de salsa fresca picada. Leve ao fogo e deixe ferver por cinco minutos. Apague o fogo, tampe o recipiente e espere esfriar. Coe e beba de três em três horas durante o dia, como um substituto da água.

 

Fonte aqui:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *