Como fazer óleo de coco: para você ter sempre em casa esse poderoso óleo!

Como fazer óleo de coco: para você ter sempre em casa esse poderoso óleo!

O óleo de coco pode reduzir significativamente a gordura abdominal,

reduz o colesterol, controla o diabetes…

o óleo de coco certamente deve ser um alimento que não pode faltar na dieta de quem tem diabetes ou de quem não resiste a uma guloseima. “Assim como os alimentos ricos em fibras, ele ajuda a manter níveis estáveis de glicose no sangue e não estimula a liberação de insulina, o que diminui a compulsão por carboidratos”, explica a especialista Cátia Medeiros. Ao contrário de outros óleos poli-insaturados, que dificultam a entrada de insulina e outros nutrientes dentro das células, o óleo de coco favorece essa entrada e, por isso, a taxa de açúcar no sangue fica normalizada.

Uma experiência feita por pesquisadores da Universidade de Columbia, nos Estados Unidos, mostrou que aqueles que ingeriram óleo de coco emagreceram além do esperado.

E, na região do abdome, a perda de centímetros foi sete vezes maior.

Outro estudo, realizado na Espanha, mostrou que o consumo regular de uma colher de sopa de óleo de coco esta diáriamente acelera o processo de perda de peso e promove a saúde do coração.

O estudo incluiu pessoas com a idade entre 55 e 69 anos e cerca de 64% delas eram homens.

Todos os participantes sofriam de pressão alta.

Eles também praticavam um tratamento que incluía drogas que reduzem os níveis de colesterol.

Inicialmente, durante os primeiros três meses do estudo, 136 participantes comeram uma dieta padronizada.

Depois disso, apenas 116 participantes conseguiram terminar esta primeira fase, e eles foram divididos em 2 grupos.

Depois de mais de três meses, os resultados indicaram que o grupo que consumiu óleo de coco experimentou uma redução de todos os seis parâmetros que foram avaliados no estudo:

Peso – 0,6 quilo

Circunferência da cintura – cerca de 2,1 cm

Índice de massa corporal – 0,2 por metro quadrado

Perímetro do pescoço – cerca de 4 cm ou 1,5 polegadas

Pressão arterial sistólica – redução de 3,3 pontos

Pressão arterial diastólica – redução de 3,5 pontos

Além disso, os seus níveis de colesterol bom e (HDL) aumentaram no grupo que consumiu óleo de coco.

Outra virtude do óleo de coco foi destacada em um estudo realizado nos Estados Unidos pela dra. Mary Newport, que provou os efeitos vantajosos desse óleo no caso da doença de Alzheimer.

A investigação comprovou que os doentes que consumiram uma dose de triglicéridos de cadeia média obtidos a partir deste óleo experimentaram melhoras nas funções cognitivas.

Enfim, o óleo de coco é um maravilhoso produto.

Ah, mas ele custa caro e você nem sempre pode comprá-lo?

Calma!

A gente está aqui para ajudar você.

E existe solução para esse problema: é você mesmo(a) fazer esse óleo em casa.

Existem várias receitas de óleo de coco.

Então a gente pesquisou bastante por vários dias e descobriu uma ótima.

E ela é bem fácil.

Anote:

INGREDIENTES

4 cocos inteiros (tamanho médio)

3 litros de água filtrada

MODO DE PREPARO

Rale os cocos.

Coloque a água e vá amassando com as mãos para extrair o leite.

Com um pano de algodão bem limpo, coe o leite

Coloque em uma vasilha e leve à geladeira por 24 horas.

Passado esse tempo, você vai observar a formação de um parte sólida com a gordura do coco.

Pegue essa parte sólida e leve ao fogo bem baixo para derretê-la.

Quando estiver completamente derretido, desligue o fogo e coe/filtre o óleo com uma peneira bem fina.

Armazene em um vidro com tampa.

Conserve na geladeira para aumentar a durabilidade dele, que é em torno de um ano.

Este é um blog de notícias sobre tratamentos caseiros. Ele não substitui o trabalho de um especialista. Consulte sempre seu médico.

Fonte aqui:

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *