Não dependa mais das pílulas ou da camisinha: novo método contraceptivo masculino com injeção de gel promete mudar o futuro do sexo

Temos uma notícia maravilhosa para compartilhar com você! Um novo método contraceptivo masculino foi desenvolvido para que casais evitem a gravidez. Esse avanço nem se compara com os demais remédios que o mercado nos oferece há tantos anos. Desenvolvido pela empresa americana sem fins lucrativos Parsemus Foundantion, um novo remédio contraceptivo masculino que recebeu o nome comercial de Vasalgel foi desenvolvido e está atualmente em fase de testes para ganhar o mercado nos próximos anos. Ele consiste em uma solução gelatinosa de polímeros sem hormônios e tem a promessa de eficácia durante um longo prazo: UMA única aplicação faria efeito por cerca de 12 meses, embora esse número ainda seja incerto e resultado de testes apenas. O melhor dessa notícia é que a utilização desse gel possui o mesmo efeito de uma vasectomia, porém com a vantagem de ser reversível de maneira bem mais prática e rápida.

A busca por um método anticoncepcional para homens não é novidade. Existem diversas tentativas de maior e menor sucesso que tentaram dispensar o uso da camisinha nas relações sexuais como melhor método até o momento, ao contrário dos métodos femininos como pílulas, injeções e outras, que existem aos montes e continuam sendo aperfeiçoadas. Diferentemente dos métodos femininos, esse remédio tem como foco de atuação a fonte dos espermatozoides e não o processo de fertilização. Por meio do Vasalgel, os riscos habituais que se corre durante uma relação sexual que poderiam resultar em uma gravidez indesejada, como esquecer de tomar a pílula ou a camisinha estourar durante o ato, seriam eliminados, assim como o custo de ter que comprar esses produtos. Com pouquíssimos efeitos colaterais percebidos durante as pesquisas, o gel ainda terá a vantagem de ser mais barato do que uma cirurgia de vasectomia, apesar de ainda não ser possível estipular um preço aproximado, uma vez que o produto ainda não está disponível para uso do consumidor.

Como é o procedimento?

A aplicação do produto no organismo consiste em uma injeção aplicada diretamente no local do ducto deferente (aquele mesmo que fica localizado no pênis, bem desagradável, né?), as vias por onde passam o espermatozoide em seu caminho do testículo ao órgão genital. Por meio da injeção, um hidrogel semi-permeável é liberado, o que permite a passagem do líquido seminal, mas impede que os espermatozoides sigam o mesmo caminho, assim como uma peneira. No caso de uma vasectomia, esses ductos são interrompidos por meio de uma intervenção cirúrgica, possível de ser revertida somente por meio de outra bastante complexa.

Como é a reversão?

Para interromper os efeitos do Vasalgel, o usuário deve se submeter a uma nova aplicação de injeção em que é utilizada uma composição que contém bicarbonato de sódio para liquefazer o gel e permitir a passagem dos espermatozoides para a região novamente. Tanto para o procedimento de aplicação do hidrogel quanto da solução para reversão, será necessário a consulta com um médico especialista para ministrar o remédio, então não existe a possibilidade de aplicá-lo sozinho em casa logo antes de ter relações sexuais.

Testes de sucesso

O produto foi desenvolvido sob a supervisão do órgão de regulação médica dos Estados Unidos e segue padrões internacionais de produção. O Vasalgel já passou por inúmeros testes para testar sua eficácia em animais antes de ser utilizado em seres humanos. Durante o ano de 2015, o produto foi utilizado em coelhos (animal conhecido como Mr. Catra da natureza) e os resultados mostraram que os roedores ficaram completamente estéreis durante o período em que o Vasalgel esteve presente em seus corpos e voltaram a procriar somente um ano depois, quando a barreira feita pelo gel se dissolveu. Três babuínos machos também receberam a aplicação do hidrogel e tiveram a companhia de fêmeas durante um período de 10 a 15 meses, nos quais em nenhum momento qualquer uma engravidou. Os testes em humanos devem acontecer em breve como próximo passo bastante aguardado tanto pelos pesquisadores como pelos interessados na notícia. A partir dos resultados, será possível determinar com maior precisão os efeitos e a duração que o Vasalgel terá no organismo humano.

Previsão de mercado

Para os testes que consistem no próximo passo da pesquisa e produção do produto, a fundação Parsemus anunciou que está em busca de candidatos e que pretende começar logo para que o Vasalgel possa chegar ao mercado em 2018. Se os resultados forem satisfatórios, o plano da empresa é conseguir o financiamento necessário para a produção em massa do produto através de crowdfunding (financiamento coletivo na internet).

Inspiração indiana

A grande curiosidade por trás do Vasalgel é que ele é a versão moderna e comercial de um produto inventado pelo médico indiano Sujoy Guha, o RISUG. Em teste na índia há anos, o produto apenas possui uma fórmula diferente, mas com aplicação e funcionamento idênticos. Sua comercialização para outros países é proibida, mas está disponível há 15 anos para ser testado somente em homens da região. Assim, o jeito foi criar uma versão própria para que pudesse ser vendida e usada por todos os homens que ainda não queiram ter filhos.

Fonte aqui:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *