Fique de olho neste tumor, chama-se lipoma, saiba mais sobre ele e veja como eliminar.

O lipoma é um tipo de caroço que surge na pele, que é composto por células de gordura tendo a forma arredondada, que pode surgir em qualquer local do corpo e que cresce lentamente, causando incômodo estético ou físico. No entanto, esta doença não é maligna e não possui nenhuma relação com o câncer, embora em casos raríssimos possa se transformar num liposarcoma. Os lipomas são nódulos pequenos e macios, que se movimentam como se estivessem soltos debaixo da pele, quando levemente pressionados. Embora existam vários tipos , o mais comum é o o lipoma superficial subcutâneo, constituído por uma única lesão instalada logo abaixo da superfície da pele. Lipomas podem aparecer em qualquer idade. Entretanto, são incomuns na infância e adolescência e mais frequentes nas mulheres entre 40 e 60 anos.

Apesar de benigno, ele incomoda e até perturba na questão estética. Os estudos ainda não têm certeza do que causa o problema. Mas a medicina natural entende que o sangue cheio de toxinas é o responsável pelo surgimento de tumores, sejam benignos ou não.

Trouxemos algumas para você:

  1. Farinha e mel

Faça uma pasta de farinha de trigo e mel. Essa pasta deve ser aplicada no lipoma e deve ter a espessura de meio a um centímetro. Cubra com uma tolha de papel, gaze ou pano para não suje a roupa. Deixe durante 36 horas, sem molhar. Passado o prazo, lave com água. Esta aplicação deve ser feita cinco vezes.

  1. Aveia

Deixe de molho à noite e beba no outro dia de manhã. Isso ajudará a limpar o sangue, ajudando a limpar a pele.

  1. Suco de limão

Beber suco de limão várias vezes por dia também desintoxica e ajuda a eliminar o lipoma.

  1. Pasta de inhame e gengibre

É um poderoso limpador da pele. Descasque e rale na parte mais fina do ralador uma quantidade de inhame paulista ou japonês (o da foto abaixo) suficiente para cobrir a área afetada. Rale também o gengibre com a casca. É uma parte de gengibre para dez de inhame. Misture tudo com qualquer farinha, só para dar liga. A pasta deve ficar bem úmida. Aplique-a sobre a região, cubra com gaze ou outro paninho fino, nunca com plástico ou material sintético.

Em algumas horas, a pasta seca; retire com água morna. Às vezes o inhame pinica, ou coça, por conter muitos cristais de ácido oxálico. Isso acontece esporadicamente, depende de fatores como safra ou local do plantio. Nesse caso passe azeite ou óleo na pele antes de colocar o emplastro; a gordura neutraliza a “pinicação”. É muito importante enxaguar muito bem.

Este é um blog de notícias sobre tratamentos caseiros. Ele não substitui um especialista. Consulte sempre seu médico.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *