MILAGRE: bebê nasce de barriga de aluguel após 4 meses da morte da mãe!

MILAGRE: bebê nasce de barriga de aluguel após 4 meses da morte da mãe!

Um verdadeiro milagre, o bebê nasce da barriga de aluguel de sua melhor amiga, após 4 meses de sua morte. Jessica uma menina australiana 48/50, quando fui perguntar ao meu professor da 7ª série , ele me mostrou a nota da minha melhor amiga Bec: 50/50. O dela sim estava perfeito. O meu não estava tão bom quanto o dela, minha melhor amiga merecia a melhor nota. Amiga Bec nasceu com uma doença que danifica os pulmões, fibrose cística, ele teve que lutar pela vida, desde que conheci ela. Passamos muitos anos juntas, crescemos juntas, inclusive cursamos a mesma universidade em Townsville. Com o passar dos anos, ela nunca se descuidou e nunca nos afastamos. Em 2016 olhando o facebook, vi um post da minha amiga Bec, então com 28 anos, e que ela esta triste.

Logo chamei ela pra perguntar o que estava acontecendo. Eu contei ela que recentemente havia me mudado para a África do Sul por causa do trabalho do marido Jeremy, e que tínhamos sido abençoados com dois lindos meninos, Piper e Oskar de dois anos. Bec me contou que tinha se casado com Gareth.E que eles estavam desesperados para se tornarem pais, mas condição de saúde de Bec, indicava que seria impossível engravidar e ter um bebê. Naquele momento meu coração se partiu por ela, mas eu tinha uma solução. Porque o que ele precisa era alguém que pudesse carregar seus filho por 9 meses. Então eu escrevi para ela: “Eu tenho dois bebês, eu sou boa nisso” Naquele momento eu me ofereci para ser barriga de aluguel para seu filho.

Fui conversar com meu marido sobre o assunto, ele me disse: Não tem chance, você acabou de parar de amamentar”. Mas eu conhecia ele, sabia que as às eu só precisava deixar a ideia passar um tempo. E com certeza alguns meses depois, de assistir um clipe sobre a doença de Bec fibrose cística. Ele me disse: “Temos muita sorte”, olhando para nossos bebês, realmente você deveria ajudar Bec.

Imediatamente fui contar a novidade a Gareth e Bec, eles ficaram muito felizes.

Vivendo em diferentes paises, conversamos muitas vezes pelo skipe. Discutindo todos os possíveis cenários. “E se Bec morrer?” Por que quem sofre desta doença tem expectativa de vida até os 37 anos, mas a condição de Bec esta controlada e ela estava saudável! Esta estaria por perto para ver seu filho crescer! O próximo obstáculo seria engravidar, então em maio do ano passado, eu fui para Brisbane para receber o embrião de Bec e Gareth, ser transferido para meu útero.

Quando fui fazer o teste de gravidez, fiz uma chamada de vídeo para eles participarem daquele momento. Então surgiu as duas linhas. Eu estava Grávida. Nos exames semanais, eu gravava os batimentos cardíaco do bebê para que ela pudesse ouvir com Gareth. Tudo eu compartilhava com eles, os chutes do bebê, até os desejos estranhos que eu tinha, descrevia tudo a Bec. Quando eu estava com 16 semana, a saúde de Bec piorou de repente. Ela frequentemente contraia infecções pulmonares, mas desta vez tinha sido diferente. Os remédios não estavam mais funcionando. Então decidimos viajar para Townsville para o exame de 20 semanas.

Como Bec estava muito doente, gareth pediu para eu voltar para casa uma semana antes. Então a saúde de Bec melhorou e seguimos em frente. Eu liguei e disse para ela: ” Eu vou levar o bebê para sua casa muita em breve e você vai ficar bem”!

Pouco antes de eu ir viajar, eu fiz todos só exames para ter certeza de voar. Nós descobrimos que o bebê era um menino, nos contamos para Gareth. No dia seguinte Gareth ligou com noticias devastadoras. ” É muito ruim, nos achávamos que ela iria conseguir”, disse ele. No dia seguinte, estava embarcando, ainda no aeroporto, Gareth ligou novamente. ” Bec se foi”, disse ele perturbado. Eu embarquei levando o filho dela para o funeral. Foi muito doloroso, eu esfregava a barriga e pensava que ele nunca iria conhecer a mãe incrível que ele tinha. Em 20 de janeiro, quatro meses após a morte da mãe, dei à luz a seu filho em Townsville. Foi lindo quando o seu pai lhe deu o primeiro abraço. O nome dele é “Rixon”, Gareth sorriu, explodindo de amor.

Antes de morrer, Bec havia escolhido o nome do filho. Com 10 dias Gareth embarcou com o filho nos braços. Para mim foi muito difícil, mas eu sabia que Rixon nunca foi meu. Gareth será um pai incrível- disse a Jeremy, sentindo-se honrada por ter dado á família de Bec um presente tão especial depois que ela se foi. Agora, cinco meses, ele é o mais bonito dos bebês e o orgulho e a alegria de Gareth.

Bec ficaria tão orgulhoso de seus dois principais homens. Sua família é verdadeiramente sua maior conquista.

Fonte aqui:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *