Impingem, veja como tratar com remédios caseiros:

A impingem é uma infecção da pele causada por fungos que, muitas vezes, é conhecida como Tinha ou Tinea, e que provoca o surgimento de pequenas vesículas de líquido claro, que secam e ficam amareladas ou avermelhadas, ao longo do tempo. A impingem é uma doença muito contagiosa, principalmente se alguém entrar em contato com a lesão de uma pessoa contaminada ou com objetos que tiveram perto. E, por isso, durante o tratamento é aconselhado evitar a partilha de objetos pessoais como toalhas, roupas ou lençóis.

A impingem é altamente contagiosa e seu sintoma mais desagradável, a coceira, é muitas vezes insuportável. Aquelas infecções superficiais da pele causadas por fungos são conhecidas popularmente como micose ou impingem, também chamadas de tinea. Apesar de feia e muito desconfortável, a micose não é uma condição séria ou grave, e pode ser facilmente tratada com remédios naturais. Mas é bom tomar cuidado!

A impingem é altamente contagiosa. Ela pode ser transmitida de muitas maneiras diferentes, diretas e indiretas. Por exemplo, pelo contato direto com a pele de uma pessoa infectada ou até mesmo com um animal de estimação (cães, gatos, cavalos e coelhos podem ter esta doença). Qualquer local da pele como mãos, pés, corpo, face, virilha e couro cabeludo pode ser acometido pela micose. Para você entender melhor: o fungo que causa a micose ou a impingem é chamado Tinea corporis. Os sintomas começam entre quatro e dez dias após o contato com o fungo. A erupção circular com bordas levemente elevadas é o primeiro sinal do problema.

O pior é que a coceira que a micose causa é muitas vezes insuportável e coçar pode espalhar o fungo e causar infecção. As crianças são mais vulneráveis ​​a essa infecção do que os adultos. Além disso, existem fatores de risco que aumentam a aparência e desenvolvimento de micose, como transpiração excessiva; viver em áreas quentes ou úmidas; usar roupas apertadas; participar de esportes de contato; compartilhar roupas ou toalhas com outras pessoas; estar com a imunidade fraca. Mas felizmente a solução para a micose pode ser muito mais simples do que parece.

Veja aqui remédios caseiros para micose:

1. Alho

Cheio de propriedades antifúngicas, o alho pode ajudar e muito no tratamento da micose. Talvez o alho arda um pouco ao encostar na pele, mas tente deixá-lo o máximo que puder para aproveitar seus benefícios.

Modo de usar:

Descasque um dente de alho e corte em fatias. Coloque-o sobre a lesão e cubra com uma bandagem. Deixe de um dia para o outro e retire-se pela manhã. Repita por pelo menos uma semana (ou até a lesão desaparecer).

2. Óleos essenciais

Aplicar óleos essenciais como lavanda ou tea tree várias vezes ao dia impede que o fungo se desenvolva ainda mais.

Modo de usar:

Primeiro, misture duas colheres (sopa) de água e duas colheres (sopa) do óleo essencial de sua escolha (lavanda ou tea tree) em uma tigela.Aplique na área afetada e cubra com um pano ou gaze.Deixe por várias horas e repita três vezes por dia, durante um mês consecutivo.

3. Vinagre de maçã

Rico em propriedades antibióticas e antifúngicas.

Modo de usar:

Primeiro, você deve umedecer uma gaze, pano ou algodão com uma colher (sopa) de vinagre de maçã. Em seguida, aplique sobre a lesão pressionando levemente. Deixe secar e repita três a cinco vezes por dia.

4. Sal e vinagre

Esta combinação desintoxica e limpa a ferida da micose.

Modo de usar:

Coloque uma colher (sopa) de sal em uma tigela e adicione uma colher (sopa) de vinagre pouco a pouco. Em seguida, forme uma pasta e aplique diretamente nas lesões. Espalhe com cuidado e deixe por cinco minutos. Finalmente, lave com água morna e seque com uma toalha limpa. Repita este tratamento duas vezes ao dia por pelo menos uma semana.

5. Cúrcuma

A cúrcuma é conhecida por suas propriedades anti-inflamatórias e antimicrobianas.

Modo de usar:

Você pode fazer um chá ou usar na preparação de sua refeição. Pode também usar cúrcuma diretamente, pois será mais eficaz em infecções fúngicas. Misture com água ou óleo de coco e aplique a pasta na área infectada. Deixe o máximo de tempo possível antes de enxaguar.

6. Extratos de folhas de Neem

A planta Azadirachta indica, também conhecido como “neem”, é um poderoso desintoxicante e antifúngico natural.

Modo de usar:

Ferva as folhas de neem na água por alguns minutos. Lave a área infectada usando água. Não ferva por muito tempo nem use folhas de neem diretamente na infecção, pois pode causar irritação na pele.

7. Óleo extravirgem de coco

O óleo de coco contém ácidos graxos que combatem a infecção danificando as membranas das células fúngicas.

Modo de usar:

Aplique óleo de coco na área infectada três vezes por dia. Use-o por algumas semanas, mesmo após a infecção ter desaparecido. Mas atenção: antes de optar por um desses remédios caseiros. consulte o seu médico para saber a opinião dele. Quer saber como evitar o aparecimento de micose? Tenha bons hábitos de higiene. Lave as mãos quando chegar em casa, antes de comer ou depois de usar o banheiro. Tome banho todos os dias (especialmente após o exercício ou se estiver quente). Use sabonete neutro. Seque bem o corpo antes de se vestir.

Veja também

O pau-d’arco é uma planta muito rica em propriedades medicinais utilizada pelos índios brasileiros para tratar diversas doenças.

O estudo induziu o desenvolvimento de úlceras gástricas crônicas em ratos e os tratou com …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *